ÉTICA E PRÁTICA

MÍNIMO IMPACTO EM AMBIENTES NATURAIS

Hoje em dia, milhares de pessoas procuram os ambientes naturais para atividades de lazer, que vão desde um simples passeio até a prática de esportes de natureza, como as caminhadas, o montanhismo, a canoagem, a exploração de cavernas, o mergulho e muitas outras.

Nesses locais, a natureza precisa ser tratada com cuidado e respeito. O equilíbrio ecológico e a saúde dessas áreas dependem do bom estado de sua conservação. Saiba que não é possível realizar trabalhos de limpeza e conservação em ambientes naturais, da forma como acontece nas cidades. Portanto, a proteção desses locais depende muito do comportamento dos visitantes.

Você pode evitar o impacto da poluição e da destruição das áreas que frequenta. É só seguir alguns princípios e práticas simples, que ajudam a proteger o meio ambiente, dão maior prazer à sua visita e previnem acidentes que, nesses lugares afastados, podem ter graves consequências.

Estas regras de mínimo impacto, resumidas em 8 princípios, estão sendo adotadas por pessoas em todo o planeta. Seguindo e ajudando a divulgar o conteúdo desta publicação, você ajuda a preservar o lugar que está desfrutando hoje, mantendo-o sempre na melhor condição, para você e para os outros visitantes.

O mais importante é lembramos que praticar o mínimo impacto é uma questão de atitude e depende apenas de você!

1.

Planejamento é fundamental

5.

Deixe cada coisa em seu lugar

2.

Você é responsável por sua segurança

6.

Evite fazer fogueiras

3.

Cuide dos locais de sua aventura

7.

Respeite os animais e as plantas

4.

Traga seu lixo de volta

8.

Seja cortês com os demais visitantes e com a população local

Realização:

Centro Excursionista Universitário 

WWF.jpg

Apoio:

CEULogo.png
  • Facebook
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now